Rashid

Detalhes

Added By

11 Fãs

Bio

Rashid é Michel Dias Costa, hoje reconhecido no Brasil e internacionalmente pelo flow e lírica que trouxe para o rap nacional desde quando atendia por Moska, apelido que usou ao ingressar nas batalhas de rimas e no território dos MCs. Garoto periférico, poderia ter sido só mais um a querer ultrapassar barreiras de classe ou raciais, mas foi justamente a verdade crua dos versos que o levou a ter sua voz e discurso consagrados pelo público e pela mídia.

Na vida de um MC tudo é ritmo e poesia, as cenas mais belas mas também as de desamor. Para o rap, os relacionamentos e a sobrevivência sempre serão temas fundamentais, algo que Rashid sabe colocar e medir bem no repertório. Com love raps ou música de guerra, como compositor, ele se aventura por vários multiversos, agradece os fãs e suas origens em “Gratidão”, se questiona em "Se Tudo Der Errado Amanhã", rasga o coração em “Bilhete 2.0”, que ganhou uma versão com o artista Lucas Carlos e hoje já acumula mais de 32.5MM de streams no Spotify; nos faz indignados com a realidade de “A Cena” e “Estereótipo”. Isso para ficar apenas em algumas das músicas mais conhecidas de sua discografia, uma coleção que agora soma sete títulos (entre EPs, mixtapes e álbuns) e marca as diversas linhas do tempo na história de Rashid.

Foram 10 anos concluídos em 2017, uma década de trabalho pesado, vários corres para chegar em 2018 como nome de alta expressão na música brasileira. As boas relações e o pé no chão dão à carreira de Rashid o brilho do estrelato mas também o tom de sua dialética: a de narrar histórias de um homem negro diante das desigualdades, independente de Rashid ser artista, mas aproveitando essa deixa para superar obstáculos.

Assim, acumula um setlist compreendido por um público misto, poesia pros moleques e para os intelectuais. Autor de linhas realistas e bem acompanhado nas produções musicais, Rashid cravou sua importância definitiva ao lançar o primeiro álbum de estúdio, A Coragem da Luz, em 2016. Destacada como uma das melhores obras na música nacional naquele ano, o MC viu as possibilidades que tinha em mãos - e as que surgiram após o álbum - para continuar inovando.

A Coragem da Luz já havia sido pensado em partes e para impactar pela profundidade estética (lírica, de som e visual) e pela condução musical que juntou o orgânico às colagens e beats de todo bom rap. A ideia se estende e é mais explorada ainda no disco de 2018, CRISE, construído estrategicamente e a longo prazo.

O álbum reúne os oito singles lançados dentro da proposta contínua Em Construção, ideia de álbum-serial em que o artista foi soltando músicas inéditas ao longo de 2017. Junto aos singles há duas outras faixas, uma compilação de frases afiadas cantadas pelo rapper sob cenários musicais amplos, de R&B, música brasileira, beats retrôs ou pegadas modernas.

O formato serial mantém o artista sempre no radar do público e a expectativa pelo próximo som. Com essa estratégia, Rashid viu o número de fãs e ouvintes crescer consideravelmente a cada lançamento, tendo atingido milhões de plays e multiplicado seus seguidores. No conteúdo, CRISE também agrega outro ponto-chave da indústria do entretenimento atual que é a produção visual: as faixas ganharam versão em vídeo e podem provar que os novos hábitos de consumo são fundamentais para ir moldando e manter uma carreira em ascendência, que já acumula mais de 1.4MM de ouvintes mensais no Spotify e 45MM de áudio streams na mesma plataforma.

CRISE, como case experimental, deixa claro que o artista do novo milênio precisa também se inteirar das tendências de mercado, saber fazer negócio, gerenciar sua carreira. Em 2014, quando abriu sua empresa, Foco na Missão, Rashid já demonstrava que o tino empresarial também era forte em sua personalidade. A FNM cuida da produção e da carreira do MC, além da marca Rashid, mantendo um catálogo extenso de produtos que levam seu nome. O merchandising mantém a loja da Foco na Missão ocupada com pedidos feitos de todo o país e hoje emprega três pessoas no dia a dia e um time de até 16 para os shows.

Nessas de ser artista e empreendedor, ele demonstra uma ousadia extra quando lembramos que além do olhar mercadológico certeiro que está desenvolvendo, Rashid é o mesmo Michel de sempre, atento ao mundo lá fora mas olhando para dentro em busca das respostas.