A dupla Sofi Tukker está pronta para o #LollaBR e manda recado aos fãs: “Tem uma surpresa boa vindo aí!”

“A gente tá bem animado, não é sempre que o público entende as nossas músicas!”. Foi assim que o duo de eletroindie, Sofi Tukker, definiu a expectativa para tocar no Lollapalooza Brasil 2018, já que as letras de alguns dos seus maiores sucessos são inteiras em português.

Entre risadas e memórias, a dupla formada por Sophie Hawley-Weld e Tucker Halpern explicou como a cultura brasileira, da bossa nova à poesia marginal, influencia o trabalho da dupla. O poeta carioca Chacal é uma dessas inspirações e foi devidamente homenageado no hit “Drinkee”. A própria Sophie declarou seu desejo de que gostaria de ter Chacal na plateia para conferir ao vivo a homenagem a um de seus poemas.

“Eu aprendi português porque sempre amei muito a cultura do Brasil. Os poemas, a música. Por isso decidi morar um tempo aí, para vivenciar tudo isso que eu tinha aprendido”, diz Sophie.

Eles não conseguiam esconder a felicidade de voltar a se apresentar em terras brasileiras, principalmente pelo público: “É a plateia mais divertida do mundo. O brasileiro é apaixonado por música como em nenhum outro lugar, eles dançam e se envolvem com o show”, afirma Sophie. “A gente queria muito poder ter essa possibilidade, de tocar no Lollapalooza”, completa Tucker.

GARANTA SEU LUGAR NO #LOLLABR

Além da clara ansiedade de encontrar os fãs brasileiros, a dupla está entusiasmada em compartilhar o palco com grandes nomes da música internacional e nacional. “A gente gosta muito do trabalho do Tyler, The Creator. Mas se der, gostaríamos muito de ver a apresentação do Alok ou da Mallu!”, afirma a dupla, se esforçando para vencer o sotaque.

E o público também pode ficar ansioso para o dia do show: “Nós vamos subir no palco e fazer o que a gente faz. E também estamos com uma surpresa para a galera, tem coisa boa vindo aí!”, finaliza a dupla.

Posted: fevereiro 13, 2018