Sam Smith e a voz que atravessa o mundo

Premiado. Tá aí uma palavra que resume bem Sam Smith, um cantor londrino que trouxe cara nova à soul music e que já acumula quatro Grammy Awards, um Globo de Ouro e até um Oscar. Você já parou pra pensar no tamanho da estante de prêmios do Sam?

Tudo isso de prêmios veio em tempo record. Quem não se lembra de “Latch”, um feat. arrebatador com o duo Disclosure que simplesmente catapultou a carreira de Sam em 2013? Ou então “La La La”, com Naughty Boy? Na mesma época veio o EP Nirvana, que trouxe faixas depois encontradas em seu primeiro álbum, In the Lonely Hour, lançado em 2014 sendo um sucesso absoluto, alcançando o 1º lugar em vários charts pelo mundo, trazendo hits como “Money On My Mind”, “Lay Me Down”, “Stay With Me” e “I’m Not The Only One”.

Sucesso garantido, coube a Smith a honra de gravar o tema de James Bond SPECTRE, de 2015. “Writing’s on the Wall” rendeu mais do que seu nome na história de uma franquia de absoluto sucesso, mas também um Oscar, a grande glória do cinema.



Após todo este sucesso logo nos seus primeiros anos de carreira, um novo disco se fez necessário. E ele veio tão avassalador quanto o primeiro. The Thrill of It All, saiu em 2017 tendo o single “Too Good at Goodbyes” como carro chefe, que alcançou o primeiro lugar na UK Single Charts e a quinta no Hot100 da Billboard.

Fenômeno nas pistas

Sam Smith também é reconhecido por emprestar a sua voz para grandes hits das pistas. Já falamos de “Latch”, “La La La” e “Money On My Mind”, mas também podemos destacar “Omen”, outra em parceria com o Disclosure, parceria que se repetiu em “Together”, essa com Nile Rodgers e Jimmy Napes. Recentemente a faixa “Tonight”, em parceria com o produtor Calvin Harris também ganhou as baladas pelo mundo.



Se você busca a experiência de dançar, fritar e se emocionar, tudo ao mesmo tempo, procure não perder de forma alguma o show do Sam Smith.

This article was posted on dezembro 20, 2018